fbpx
Se tem uma data do ano que leva consigo diversas lendas e histórias, essa data é o Natal. Para os romanos, a data mais sagrada do ano, o nascimento daquele… Saiba mais

Se tem uma data do ano que leva consigo diversas lendas e histórias, essa data é o Natal. Para os romanos, a data mais sagrada do ano, o nascimento daquele que surgiu para trazer sabedoria e amor aos homens – se engana quem achou que estávamos falando de Jesus – na verdade essa é a celebração de “nascimento” do deus persa Mitra, que representa a luz e, ao longo do século 2. E quando o assunto é histórias e lendas, como não lembrar do famoso Santa Claus, também conhecido como Papai Noel? Enfim, já que estamos nessa época de contos, vamos apresentar a origem dos burgers, que também é permeada de muitos mitos. Embarque com a gente nessa história!

 

O surgimento do burger

É bem provável que o primeiro burger da história tenha sido preparado igualzinho, do jeito que nós já conhecemos hoje, entre os séculos XIX e século XX.  Trazido pelos imigrantes alemães embarcados no porto de Hamburgo, razão pela qual seu primeiro nome no Novo Mundo foi hamburg steak. Encontrado nos Estados Unidos, o burger foi apreciado primeiramente por marinheiros que aproveitavam a carne entre dois pedaços de pão para mastigar algo enquanto trabalhavam duro. Há quem diga que suas origens podem ser encontradas ainda mais no passado, durante os séculos XII e XIII com a invasão dos mongóis e tártaros (tribos nômades guerreiras) na Europa. Os tártaros foram os responsáveis em introduzir a técnica de moer a carne dura e de má qualidade para torná-la mais fácil de digerir. Reza a lenda que os cavaleiros costumavam levar a carne crua embaixo da sela quando galopavam em suas viagens de guerra.

De volta ao início do século, surgem as necessidades culinárias de uma sociedade que estava em constante mudança devido à industrialização e, portanto, tinham menos tempo para o preparo de alimentos e consumo das refeições, o que resultou em uma maior consumo e valorização dos burgers.

O efeito Popeye

Em 1921 surge a White Castle – primeira lanchonete dos Estados Unidos. Era servido hambúrguer cozido no vapor, acompanhado de bastante cebola por apenas 5 centavos de dólar. Na mesma época nasce o personagem Pimpão (J. Wellington Wimpy) nas tiras do marinheiro Popeye. Pimpão ficou famoso pelo seu enorme apetite por hambúrgueres. Em 1937, os irmãos Dick e Maurice Mc Donald abrem um pequeno drive-in na cidade de San Bernardino na Califórnia, e revolucionam o mundo do fast-food e a história do burger no mundo inteiro.

O hambúrguer de minhoca

Se tem uma lenda sobre os burgers que todo mundo já ouviu falar, principalmente nos anos 80/90, é a lenda do hambúrguer de minhoca. A lenda dizia que os hambúrgueres do McDonald’s eram feitos com carne de minhoca. Agora lanço uma pergunta para você: Minhoca tem carne? Imagina o trabalho que exige para retirar a carne da minhoca e montar todos os burgers da rede. Existe tanta minhoca assim no mundo?

Lendas a parte, sai um ano e entra outro, o burger continua sendo um dos alimentos mais amados em qualquer cantinho desse universo. Se você ainda está na dúvida do que comer na ceia de natal, que tal um burger de pernil? Além de ser uma delícia, não vem com uva passas, rs 😊😊

 

Até a próxima dica e tenha um feliz natal!


Deixe uma resposta

Your email address will not be published.